2207

Prefeitura Municipal de Igaci

Pular para o conteúdo

Programas

Nesta seção o cidadão encontra à implementação, acompanhamento e resultados dos programas, projetos e ações dos órgãos e entidades públicas, bem como metas e indicadores propostos

Utilize o(s) campo(s) abaixo para pesquisar

Foram encontrados 36 resultados para a pesquisa.

SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULO

Número: 1

Responsável: Secretaria Municipal de Assistência Social

Metas: Complementar as ações da família e comunidade na proteção e desenvolvimento de crianças e adolescentes e no fortalecimento dos vínculos familiares e sociais; assegurar espaços de referência para o convívio grupal, comunitário e social e o desenvolvimento de relações de afetividade, solidariedade e respeito mútuo; possibilitar a ampliação do universo informacional, artístico e cultural das crianças e adolescentes, bem como estimular o desenvolvimento de potencialidades, habilidades, talentos e propiciar sua formação cidadã; estimular a participação na vida pública do território e desenvolver competências para a compreensão crítica da realidade social e do mundo contemporâneo; e contribuir para a inserção, reinserção e permanência no sistema educacional, dentre outros.

Indicadores: Aumento do numero de crianças e adolescentes com acesso a informação acerca de seus direitos e deveres, assim como o aumento do numero de crianças e adolescentes com acesso a informação sobre temáticas relevantes e das ações Inter setoriais e interdisciplinares.

Resultados: Acesso a informação e a efetivação de direitos socioassistenciais; efetivação de praticas lúdicas, esportivas, culturais e de lazer; promoção de um ambiente que valoriza o respeito às diversidades étnicas, raciais, religiosos e sexuais; acesso ao desenvolvimento de aptidões e habilidades artísticas e estimulo ao lazer; e a realizar uma analise critica da realidade e prática de ações com a unidade familiar dos usuários assistidos.

Informações Adicionais: I - Serviço Oferecido: II - Requisitos, documentos e informações necessárias para acessar o serviço: III - Principais etapas para processamento do serviço: IV - Prazo máximo para prestação do serviço: V - Forma de prestação do serviço: VI - Forma de comunicação com o solicitante do serviço: VII - Locais e formas de acessar o atendimento: VIII - Prioridades de atendimento: IX - Tempo para espera do atendimento: X - Prazos para realização do serviço: XI - Mecanismos de comunicação com os usuários: XII - Procedimentos para receber, atender, gerir e responder às sugestões e reclamações: XIII - Fornecimento de informações acerca das etapas, presentes e futuras, esperadas para a realização dos serviços, inclusive estimativas de prazos: XIV - Mecanismos de consulta, por parte do usuário, acerca das etapas, cumpridas e pendentes, para a realização do serviço solicitado: XV - tratamento a ser dispensado aos usuários quando do atendimento: XVI - Requisitos básicos para o sistema de sinalização visual das unidades de atendimento: XVII - Condições mínimas a serem observadas pelas unidades de atendimento, em especial no que se refere a acessibilidade, limpeza e conforto: XVIII - Procedimentos alternativos para o atendimento quando o sistema informatizado se encontrar indisponível: XIX - Outras informações julgadas de interesse dos usuários:

SAÚDE DO IDOSO

Número: 2

Responsável: Secretaria Municipal de Saúde

Metas: DESENVOLVER MÉTODOS ADEQUADOS PARA O TRABALHO DE ATIVIDADE FISÍCA COM IDOSO; OBSERVAR OS COMPORTAMENTOS VARIÁVEIS ANTROPOMÉTRICOS; TRABALHAR AS EMOÇÕES E MOTIVAÇÕES, DE FORMA A RESGATAR A AUTOESTIMA; DESENVOLVER AÇÕES VOLTADAS A PREVENÇÕES DE DOENÇAS; CONTRIBUIR DE FORMA EDUCATIVA PARA GARANTIR UMA VIDA AUTÔNOMA E COM QUALIDADE

Indicadores: IMPLANTAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DE CARTILHAS EDUCACIONAIS, DESENVOLVER ATIVIDADES MENSAIS NAS UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE UBS, PANFLETAGEM NA FEIRA LIVRE E UBS SOBRE HIPERTENSÃO E DIABETES QUEDAS E VIOLÊNCIA, BEM COMO MINISTRAR PALESTRAS EDUCATIVAS COM TEMAS RELEVANTES, REALIZAÇÕES DE ATIVIDADES FÍSICAS E RELAXANTES.

Resultados: MELHORAR O ENVOLVIMENTO DA EQUIPE DE SAÚDE COM A COMUNIDADE, QUALIDADE DE VIDA, A LOCOMOÇÃO, ALIMENTAÇÃO, CONDICONAMENTO FÍSICO, REDUZIR CASOS DE DOENÇAS RESPIRATORIAS, AUMENTAR O NUMERO DE IMUNIZAÇÕES, LEVAR INFORMAÇÕES SOBRE AS MORBIDADES MELHORANDO O ENTENDIMENTO DA POPULAÇÃO IDOSA

Informações Adicionais: I - Serviço Oferecido: II - Requisitos, documentos e informações necessárias para acessar o serviço: III - Principais etapas para processamento do serviço: IV - Prazo máximo para prestação do serviço: V - Forma de prestação do serviço: VI - Forma de comunicação com o solicitante do serviço: VII - Locais e formas de acessar o atendimento: VIII - Prioridades de atendimento: IX - Tempo para espera do atendimento: X - Prazos para realização do serviço: XI - Mecanismos de comunicação com os usuários: XII - Procedimentos para receber, atender, gerir e responder às sugestões e reclamações: XIII - Fornecimento de informações acerca das etapas, presentes e futuras, esperadas para a realização dos serviços, inclusive estimativas de prazos: XIV - Mecanismos de consulta, por parte do usuário, acerca das etapas, cumpridas e pendentes, para a realização do serviço solicitado: XV - tratamento a ser dispensado aos usuários quando do atendimento: XVI - Requisitos básicos para o sistema de sinalização visual das unidades de atendimento: XVII - Condições mínimas a serem observadas pelas unidades de atendimento, em especial no que se refere a acessibilidade, limpeza e conforto: XVIII - Procedimentos alternativos para o atendimento quando o sistema informatizado se encontrar indisponível: XIX - Outras informações julgadas de interesse dos usuários:

PRROGRAMA NACIONAL DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E E

Número: 3

Responsável: Secretaria Municipal de Assistência Social

Metas: Expandir, interiorizar e democratizar a oferta de cursos de educação profissional técnica de nível médio e de cursos de formação inicial e continuada ou qualificação profissional presencial e a distância; construir, reformar e ampliar as escolas que ofertam educação profissional e tecnológica nas redes estaduais; aumentar as oportunidades educacionais aos trabalhadores por meio de cursos de formação inicial e continuada ou qualificação profissional; melhorar a qualidade o ensino médio; e aumentar a quantidade de recursos pedagógicos para apoiar a oferta de educação profissional e tecnológica.

Indicadores: Está em processo de efetivação

Resultados: Está em processo de efetivação

Informações Adicionais: I - Serviço Oferecido: II - Requisitos, documentos e informações necessárias para acessar o serviço: III - Principais etapas para processamento do serviço: IV - Prazo máximo para prestação do serviço: V - Forma de prestação do serviço: VI - Forma de comunicação com o solicitante do serviço: VII - Locais e formas de acessar o atendimento: VIII - Prioridades de atendimento: IX - Tempo para espera do atendimento: X - Prazos para realização do serviço: XI - Mecanismos de comunicação com os usuários: XII - Procedimentos para receber, atender, gerir e responder às sugestões e reclamações: XIII - Fornecimento de informações acerca das etapas, presentes e futuras, esperadas para a realização dos serviços, inclusive estimativas de prazos: XIV - Mecanismos de consulta, por parte do usuário, acerca das etapas, cumpridas e pendentes, para a realização do serviço solicitado: XV - tratamento a ser dispensado aos usuários quando do atendimento: XVI - Requisitos básicos para o sistema de sinalização visual das unidades de atendimento: XVII - Condições mínimas a serem observadas pelas unidades de atendimento, em especial no que se refere a acessibilidade, limpeza e conforto: XVIII - Procedimentos alternativos para o atendimento quando o sistema informatizado se encontrar indisponível: XIX - Outras informações julgadas de interesse dos usuários:

PROTEÇÃO E ATENDIMENTO ESPECIALIZADO A FAMÍLIAS E

Número: 4

Responsável: Secretaria Municipal de Assistência Social

Metas: Acompanhar as famílias que estão e situação de risco ajudando na superação dessas situações por meio da promoção de direitos, da preservação e do fortalecimento das relações familiares e sociais; Constituição da equipe de referência completa.

Indicadores: Pessoas e famílias que sofrem algum tipo de violação de direito, como violência física e/ou psicológica, negligência, violência sexual(abuso e/ou exploração sexual rua, abandono, trabalho infantil, discriminação por orientação sexual e/ou/raça/etnia, entre outras, sendo atendidos.

Resultados: Maior oferta do serviço, no Centro de Referência Especializado de Assistência Social(CREAS).

Informações Adicionais: I - Serviço Oferecido: II - Requisitos, documentos e informações necessárias para acessar o serviço: III - Principais etapas para processamento do serviço: IV - Prazo máximo para prestação do serviço: V - Forma de prestação do serviço: VI - Forma de comunicação com o solicitante do serviço: VII - Locais e formas de acessar o atendimento: VIII - Prioridades de atendimento: IX - Tempo para espera do atendimento: X - Prazos para realização do serviço: XI - Mecanismos de comunicação com os usuários: XII - Procedimentos para receber, atender, gerir e responder às sugestões e reclamações: XIII - Fornecimento de informações acerca das etapas, presentes e futuras, esperadas para a realização dos serviços, inclusive estimativas de prazos: XIV - Mecanismos de consulta, por parte do usuário, acerca das etapas, cumpridas e pendentes, para a realização do serviço solicitado: XV - tratamento a ser dispensado aos usuários quando do atendimento: XVI - Requisitos básicos para o sistema de sinalização visual das unidades de atendimento: XVII - Condições mínimas a serem observadas pelas unidades de atendimento, em especial no que se refere a acessibilidade, limpeza e conforto: XVIII - Procedimentos alternativos para o atendimento quando o sistema informatizado se encontrar indisponível: XIX - Outras informações julgadas de interesse dos usuários:

PROGRAMA SAÚDE NA ESCOLA (PSE) .

Número: 5

Responsável: Secretaria Municipal de Saúde

Metas: AVALIAR AS CONDIÇÕES DE SAÚDE ENVOLVENDO: ESTADO NUTRICIONAL, SAÚDE BUCAL, ACUIDADE VISUAL E AUDITIVA, PROMOÇÕES E PREVENÇÃO Á SAÚDE, TRABALHAR DIMENSÕES DA CONSTRUÇÃO DE UMA CULTURA DE PAZ.

Indicadores: ESTIMULAR ATIVIDADE FÍSICA, ASSIM COMO PROMOVER E FORTALECER OS VÍNCULOS COMUNITÁRIOS, AVALIAR O RISCO DA SAÚDE BUCAL, PREVENIR CONTRA O VÍRUS DO HPV.

Resultados: MELHORAR OS HÁBITOS ALIMENTARES, RECREAÇÃO COM ALUNADO REALIZANDO EVENTO NAS ONZE UBS, PREVENÇÃO DAS DOENÇAS PARASITÁRIAS, BEM COMO AVALIAR O PESO PARA PREVENÇÃO DE OBESIDADE OU DESNUTRIÇÃO

Informações Adicionais: I - Serviço Oferecido: II - Requisitos, documentos e informações necessárias para acessar o serviço: III - Principais etapas para processamento do serviço: IV - Prazo máximo para prestação do serviço: V - Forma de prestação do serviço: VI - Forma de comunicação com o solicitante do serviço: VII - Locais e formas de acessar o atendimento: VIII - Prioridades de atendimento: IX - Tempo para espera do atendimento: X - Prazos para realização do serviço: XI - Mecanismos de comunicação com os usuários: XII - Procedimentos para receber, atender, gerir e responder às sugestões e reclamações: XIII - Fornecimento de informações acerca das etapas, presentes e futuras, esperadas para a realização dos serviços, inclusive estimativas de prazos: XIV - Mecanismos de consulta, por parte do usuário, acerca das etapas, cumpridas e pendentes, para a realização do serviço solicitado: XV - tratamento a ser dispensado aos usuários quando do atendimento: XVI - Requisitos básicos para o sistema de sinalização visual das unidades de atendimento: XVII - Condições mínimas a serem observadas pelas unidades de atendimento, em especial no que se refere a acessibilidade, limpeza e conforto: XVIII - Procedimentos alternativos para o atendimento quando o sistema informatizado se encontrar indisponível: XIX - Outras informações julgadas de interesse dos usuários:



Total de 5 registos por página